ensjo.net
le internet plus interessante

Juó Bananére

Juó Bananére é o pseudônimo sob o qual Alexandre Marcondes Machado escrevia paródias de textos famosos da literatura brasileira em um patois ítalo-brasileiro. Dou aqui dois exemplos que eu tinha em um livro de literatura. Outros textos podem ser encontrados neste site.

Via Láctea —soneto XIII (Olavo Bilac)

"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

E conversamos toda a noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas."

Uvi strella (Juó Bananére)

Che scuitá strella, né meia strella!
Você stá maluco! e io ti diró intanto,
Chi p'ra iscuitalas montas veiz livanto,
i vô dá una spiada na gianella.

I passo as notte acunversáno c'oella,
Inguanto cha as otra lá d'un canto
Stó mi spiano. I o sol como um briglianto
Nasce. Ogliu p'ru çeu: — Cadê strella?!

Direis intó: — Ó migno inlustre amigo!
O chi é chi as strellas ti dizia
Quano illas viéro acunversá contigo?

E io ti diró: — Studi p'ra intendela,
Pois só chi giá studô Astrolomia,
É capaiz de intendê istas strella.


As pombas [fragmento] (Raimundo Correia)

Vai-se a primeira pombinha despertada...
Vai-se outra mais... mais outra... enfim dezenas
De pombas vão-se dos pombais, apenas
Raia sangüínea e fresca a madrugada...
(...)

As pombigna [fragmento] (Juó Bananére)

Vai a primiéra pombigna dispertada,
I maise otra vai disposa da primiéra;
I otra maise, i maise otra, i assi dista maniera,
Vai s'imbora tutta pombarada.
(...)

Ensjo.netEtc ➧ Juó Bananére